...Evita ser BURLADO vagas de emprego, não se vendem clica nesta mensagem para mais informações...

Vaga para Técnico de Saúde Materno-Infantil-SMI (28 vagas) - Maputo

Há 𝗺𝗮𝗶𝘀𝗷𝗼𝗯𝘀 no youtube

 



MAISJOBS é gratuito e sempre será, se gosta de ver as vagas de emprego aqui, vai já a Google playstore e Classifica o aplicativo MAISJOBS com 5 estrelas, para continuarmos a crescer ao seu gosto. Ajude o maisjobs a não ser Removido da Playstore.>>CLICA AQUI<<

Descrição da Vaga

A RHDC Consultoria & Serviços Lda – RHDC pretende recrutar para o seu Cliente 28 Técnicos de Saúde Materno-Infantil-SMI (m/f) baseados nos distritos de Boane, Magude, Manhiça, Marracuene, Matola, Moamba e Namaacha.

Contexto:

A RHDC Consultoria & Serviços Lda, é uma empresa de Consultoria em Recursos Humanos, de direito Moçambicano que opera nas áreas de Agenciamento de Emprego, Recrutamento e Selecção, Formação Profissional, Avaliação e Desenvolvimento de Competências, Trabalho Temporário, pesquisas entre outras áreas.

A nossa Cliente é a FUNDAÇÃO ARIEL GLASER CONTRA O SIDA PEDIÁTRICO (ARIEL), uma ONG Nacional que trabalha em parceria com as Direcções Provinciais de Saúde, Serviços Distritais de Saúde da Mulher e Acção Social (SDSMAS) e Hospitais Rurais (HR) nas Províncias de Maputo e Cabo Delgado. Apoia a implementação, acesso e expansão dos Serviços Clínicos de HIV integrados e de qualidade, especificamente o Programa de Saúde Materno Infantil (SMI) /Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), Cuidados e tratamento Anti – retroviral (TARV) para Crianças e Adultos e apoio psicossocial através de uma abordagem de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde. E, no âmbito da consolidação da sua estratégia, através da sua parceira com a RHDC- Consultoria & Serviços Lda, pretende recrutar Técnicos de Saúde Materno-Infantil-SMI.

O Técnico de Saúde Materno-Infantil-SMI estará sob a supervisão directa do assessor clínico sénior da Fundação Ariel na Unidade Sanitária onde estiver alocado. Esta figura devera cumprir normas e procedimentos administrativos da Unidade Sanitária. A assiduidade e pontualidade deverão ser controladas ao nível da Unidade Sanitária como qualquer outro funcionário e a área técnica responsável pelo clínico da US.

Responsabilidades:

  • Garantir a qualidade do seguimento do paciente – diagnostico correcto, estadiamento da OMS, determinação precoce da elegibilidade ao TARV, início ARV, rastreio da Tuberculose, Tratamento Profiláctico com Isoniazida(TPI) e com Cotrimoxazol (TPC), avaliação nutricional e da adesão;
  • Na CPN (Consulta pré-natal): verificar o acesso e qualidade da testagem para a mulher nas consultas (AT1P), pedido de CD4, carga viral, linhas de tratamento (PTV, TARV, TB, ITS’s, TIP e IO’s), envolvimento do parceiro, preenchimento correcto das fichas/livros e dos resumos mensais;
  • CCR: avaliação do crescimento, entrega dos resultados e aconselhamento das mães, ligação com os serviços de TARV, início TARV para crianças PCR DNA positivas, início do cotrimoxazol para crianças expostas ao HIV na primeira consulta e avaliar o tempo de profilaxia tendo em conta a opção de PTV (A ou B+) e o aleitamento materno, vacinação, avaliação nutricional, teste rápido aos 9 e 18 meses;
  • Maternidade: garantir o seguimento da mãe e do recém-nascido, garantir o preenchimento dos livros de registo da maternidade, aconselhamento e testagem a toda MG na Maternidade, profilaxia das gravidas positivas assim como das crianças expostas, referenda das Crianças expostas e Mães HIV Positivas as consultas da CCR, referir todas parturientes as consultas de pós-parto;
  • Referência de mulheres: apoiar as US sem TARV no encaminhamento das mulheres gravidas HIV+ com critérios TARV para iniciar o tratamento na US TARV mais próxima; priorizar a testagem de parceiros e de menores de 14 anos, entre outras actividades.

Para além das tarefas atrás mencionadas, realiza outras tarefas conexas relativas ao bom desempenho dos serviços, que lhe serão apresentados durante a entrevista e entregues na descrição de funções, devendo conservar em boas condições os bens e equipamentos de trabalho que lhe forem confiados, considerando-se parte integrante da actividade a prestar e todas as tarefas necessárias a prossecução dos objectivos que a determinam, compreendendo nestas as funções que lhe sejam afins ou funcionalmente ligadas, para as quais o trabalhador detenha qualificação adequada.

Requisitos necessários:

  • Possuir nível médio em SMI e com experiência na área;
  • Pelo menos 2 (dois) anos de experiência em programas de cuidados de saúde;
  • Idade compreendida entre 21 e 45 anos;
  • Facilidade de comunicação e bom relacionamento interpessoal;
  • Conhecimentos de informática nos seguintes pacotes: Word, Excel, Microsoft Access e Internet;
  • Responsabilidade, sentido de organização e dinamismo; Boa escrita (interpretarão de relatórios; Ética e deontologia profissional.

Como se candidatar:

Se reúne os requisitos já enumerados e tem experiência comprovada. Envie os seguintes documentos:

Carta de Motivação, B.I autenticado, Certificado de Habilitações Literárias autentica- do, CV detalhado em formato Word e em português. Os interessados devem submeter as candidaturas aos Serviços Distritais de Saúde, Mulher e Accão Social (SDSMAS) correspondentes aos distritos na qual se candidatam ou por email emprego@rhdconsultoria.co.mz indicando no “assunto” o distrito a que se candidatam.

DATA LIMITE DE CANDIDATURA: 18 de Outubro de 2020.

Há 𝗺𝗮𝗶𝘀𝗷𝗼𝗯𝘀 no youtube